Jornada nas Estrelas volta a Ser Uma Unidade – Fusão entre Viacom e CBS

Jornada nas Estrelas debaixo do mesmo guarda-chuvas

Jornada nas Estrelas volta a Ser Uma Unidade – Fusão entre Viacom e CBS

Demorou mas aconteceu. Hoje, a CBS, canal que controla a CBS All Access e responsável por todo conteúdo de Star Trek na TV, desde a Série Clássica até as novas Picard e Lower Decks e a Viacom, dona do estúdio Paramount que tem os direitos de toda a parte cinematográfica de Jornada, se fundiram de novo, depois da separação no final de 2005.

Senta que lá vem história

Viacom + CBS

Viacom + CBS

Um breve resumo. A Famous Players Film Company foi fundada em 1912 e em 1925 se tornou a Paramount Pictures, com um estúdio de cinema. Em 1927 é fundada a Radio CBS e em 1941 se torna um canal de TV aberta.

A Paramount, já dentro do grupo Gulf+Western, compra a Desilu, empresa de Desi Arnaz e sua esposa Lucille Ball, produtores de séries como Missão Impossível e, claro, Jornada nas Estrelas em 1967.

Toda a parte de produção da CBS foi transferida para uma nova empresa, a Viacom em 1970 e esta se torna uma empresa independente no ano seguinte. Em 1994 a Viacom compra a Gulf+Western, junto com a Paramount Pictures e Star Trek. Com o crescimento da empresa, essa adquire a CBS em 1999.

Em 2005 as empresas são separadas, com toda a parte de TV ficando com a nova CBS Co. e a área de cinema com a Paramount, dentro da nova Viacom. Atração que tinha histórias tanto na TV como no cinema, foram dividas: assim, Jornada nas Estrelas passou a ter dois donos, um no cinema (Viacom/Paramount) e outro na TV (CBS).

Conteúdo é Rei

A mudança dessa fusão em relação a anterior, é que agora quem é a compradora é a CBS e a nova empresa tem o nome provisório de ViacomCBS.

Ativos da ViacomCBS

Ativos da ViacomCBS

Desta forma, a nova empresa poderá concorrer com as grande empresas de streaming que surgiram, como a Netflix e as gigantes da tecnologia que vem tirando anunciantes das demais mídias, como a Google e Apple.

Todas essas empresas tem investido pesado em conteúdo que prendam o espectador (observem o número imenso de novas séries que surgiram nos últimos anos) e, a construir histórias seriadas de longo prazo, como Star Wars e o MCU da Marvel, todos da Disney.

Isso levou Shari Redstone, vice-presidente  e maior acionista individual de ambas as empresas, a citar seu pai, Summer Redstone:

“My father once said ‘content is king,’ and never has that been more true than today. Through CBS and Viacom’s shared passion for premium content and innovation, we will establish a world-class, multiplatform media organization that is well-positioned for growth in a rapidly transforming industry.”

 

“Meu pai uma vez disse ‘o conteúdo é rei’, e isso nunca foi mais verdadeiro do que hoje. Através da paixão compartilhada da CBS pela satisfação e conteúdo premium, vamos estabelecer uma organização de mídia multiplataforma de classe mundial que esteja bem posicionada para o crescimento em uma indústria em rápida transformação.”

Uma das coisas que permitiu essa nova fusão foi a saída de Les Moonves da CBS, que era contra. Sem o poderoso executivo, Redstone conseguiu o seu desejo reunir novamente as empresas.

E agora, o que acontece com Star Trek

No momento, nada muda. A fusão ainda tem de ser aprovada pelos órgãos regulamentadores dos E.U.A. e isso pode ocorre até o fim do ano ou no próximo ano. A CBS colocou Alex Kurtzman como o homem-forte de tudo que é Jornada nas Estrelas.  É muito provável que, assim como a Disney fez e passou tudo dos X-Men para a Marvel com a compra d FOX, os filmes devem passar para a divisão comanda por Kurtzman, a Star Trek Global Franchise Group.

Inclusive, uma das séries animadas em desenvolvimento, já iria para o canal Nickelodeon, que é da Viacom.

Nada impede que o filme que Quentin Tarantino continue nos planos e, podemos ver um grande universo compartilhado entre cinema e TV baseado em Jornada nas Estrelas.

Conheça nossas redes sociais:





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.