Paramount quer se unir à CBS ainda em 2019

CBS-Viacom

Paramount quer se unir à CBS ainda em 2019

Já falamos nesse canal que uma das partes do acordo de saída de Leslie Moonves da presidência da CBS, motivada por várias acusações de abusos por parte do executivo, é o congelamento das negociações para a refusão entre a CBS e a Viacom, controladora da Paramount Pictures e, assim, reunir Star Trek sob um mesmo guarda-chuva.

Mas parece que as coisas não são exatamente assim…

Falando para o The New York Times, sobre os esforços de tornar novamente a Paramount um grande estúdio, Wyck Godfrey, presidente do grupo de filmes da Paramount, falou dos planos que tem para os próximos lançamentos.

Mesmo com os rumores, que ele não confirmou, do engavetamento do quarto filme do Universo Kelvin, Godfrey, foi claro em dizer que entregar um filme de Jornada para Quentin Tarantino iria atrair pessoas para a franquia.

Hoje, o estúdio conta com Star Trek, Transformers e Missão: Impossível como grandes franquias e as duas primeiras tem tido dificuldades com as bilheterias. Mas, enquanto Transformers ganhou nova vida com o sucesso de Bumblebee e já prepara um novo filme, Jornada nas Estrelas se perdeu em uma briga de salários.

Uma das questões importantes para a concretização desse filmes é o contrato com a Bad Robbot de J. J. Abrams que se encerra em 2020 e a produtora quer uma nova parceria que envolva filmes, TV e parques temáticos. Além de Jornada, a Bad Robot produz a franquia Missão: Impossível, que não tem forte apelo na TV, mesmo com o sucesso dos filmes. Já Jornada está forte na TV com vários projetos em andamento, mas pertence à CBS, não à Paramount. Com isso, uma fusão entre as empresas poderia levar  Secret Hideout Productions, de Alex Kurtzman, para o cinema.

Segundo a Bloomberg, o conselho da CBS começa a se reunir dia 31 de janeiro para decidir quem será o sucessor definitivo de  Moonves e uma fusão com a Viacom é uma possibilidade, pois o acordo de Moonves não permitia que Shari Redstone, que tem a maioria das ações da CBS e da Paramount, não pudesse ele mesmo controlar a fusão, mas não impede que as diretorias busquem essa união.

Com tudo isso, o Robert Bakish, hoje presidente da Viacom, pode vir a ser ainda esse presidente de ambas as empresas de mídia e, assim, fazer a fusão.

 

Conheça nossas redes sociais:





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.