Review de “The Wolf Inside”

Star Trek Discovery S01E11 The Wolf Inside - ISS Shenzhou

Review de “The Wolf Inside”

Podemos dizer que “The Wolf Inside” é o episódio das reviravoltas!

Antes de mais nada, retamente só leia se você assistiu ao episódios!

Spoiler Alert

Spoiler Alert

Em “Despite Yourself“, a agora ISS Discovery está no Universo do Espelho. O capitão Lorca foi levado “preso” pela “capitã” Burnham e seu segurança Tyler para a ISS Shenzhou.

O Dr. Culber foi morto por Tyler, que começa a manifestar sua consciência klingon e todos na Discovery pensam que foi Stamets, que ainda está em estado catatônico, o matou. Saru e Tilly levam Stamets para a câmara de esporos, tentando fazer que o cientista volte, mas ele aparentemente também morre.

Uma quase Federação no Espelho

Na Shenzhou, Burnham recebe ordens para bombardear um planeta onde está escondida a resistência ao Império Terráqueo. Ela decide descer para avisá-lo do perigo junto com Tyler. Os dois são recebidos por klingons, vulcanos, telaritas e andorianos. É a primeira aparição dessas raças em Discovery.

Os andorianos, tirando uma protuberância no rosto, são como conhecemos. Os telaritas estão mais refinados em sua caracterização, mais semelhantes a porcos/javalis selvagens que as outras aparições nas demais séries de Star Trek.

Os dois são recebidos pelo líder da resistência, chamado de Lobo de Fogo, e descobre-se que ele é a versão do espelho de Voq, Filho de Ninguém, Portador da Chama e que, pelos ensinamentos de T’Kuvma, acredita que a preservação dos klingons é uma aliança com outras espécies contra os humanos.

Tyler, não suporta ver os mesmos ensinamentos falando em união em vez de supremacia klingon e, falando sua língua, parte para cima de Voq do espelho. Ele é salvo da morte pelo mentor do grupo, Sarek de cavanhaque, que faz um elo com Burham e convence Voq que a “capitã” fala a verdade.

Execução

De volta à nave, Burham conforta Tyler que conta toda a verdade: sim ele é Voq transformado em humano e com memórias de um tenente Tyler e que ele matou Culber. Atordoada, Burnham não consegue se defender de Tyler/Voq e é salva por seu escravo kelpiano (Saru, mas ele não tem nome). Seguindo as leis do Império, Tyler é enviado para sala de transporte para ser executado imediatamente.

Inesperadamente, Burham se aproxima do klingon disfarçado e pede que ele se defenda. Após dar um soco em Tyler, Burham ela mesma envia o espião para o espaço… onde ele é resgatado pela Discovery, sendo recebido por Saru fazendo um belo discurso que, mesmo com os crimes que Tyler cometeu, a Frota Estelar não executa pessoas.

O capitão interino da nave perdida pega em Tyler o disco com as informações da USS Defiant que Burnham foi na Shenzhou descobrir e não tinha como enviar à Discovery.

Conversando com Lorca que a missão havia sido cumprida e que eles poderiam ir embora, Lorca diz que eles ainda devem permanecer na Shenzhou. Ele é interrompido pelo comunicado que o planeta onde estão os rebeldes está sob bombardeio de uma nave imperial.

O fantasma retorna

Neste momento, surge a imagem holográfica da Imperatriz em pessoa, questionando o motivo de Burnham não ter cumprido as ordens imediatamente. Mas a “capitã” está assustada com a imagem da imperatriz que é a versão do outro universo de Capitã Georgiou (Michelle Yeoh), que parece não deixar Lorca surpreso!

The Wolf Inside” é um episódio empolgante em sua parte final, contrastando com um início morno até o embate em Tyler e Voq-espelho. Claramente uma preparação para o encerramento da temporada; “The Wolf Inside” é um bom episódio.

A surpresa de ver a Imperatriz Georgiou pegou muitos de surpresa, talvez não o menos atentos. Até mesmo a Netflix entregou o gênero do líder Terráqueo.

A menos surpresa é a identidade de Tyler, já havia sido teorizada por fãs há vários meses, até mesmo pelo perfil do IMDB dos atores. Quanto isso, Shazad Latif, que participou do programa After Trek pela primeira vez, contou que usou o nome de Javid Iqbal por ser o nome de seu pai já falecido.

Agora veremos em “Vaulting Ambition” quais são as intenções de Lorca e se ele é na verdade o Lorca do espelho!

Star Trek Discovery está disponível na Netflix desde o dia 25 de setembro às 4h, começando com os quatro primeiros episódios “The Vulcam Hello”, “Battle at Binary Star”, “Context is for Kings, “The Butcher’s Knife Cares Not for the Lamb’s Cry“,Choose Your Pain” e  “Lethe“, “Magic to Make the Sanest Man Go Mad”, “Si Vis Pacem, Para Bellum”, “Into the Forest I Go”, “Despite Yourself ” e “The Wolf Inside”.  “Vaulting Ambition” virá na próxima segunda e assim até encerrar os 15 episódios da temporada. Episódios disponíveis legendados ou dublados em português, ou legendados em klingon!

Conheça nossas redes sociais:


(Próxima Notícia) »



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.