USS Callister – Black Mirror nunca é o que você espera

USS Calister - Black Mirror S04E01

USS Callister – Black Mirror nunca é o que você espera

Estreio hoje dia 29 de dezembro a quarta temporada da série Black Mirror na Netflix com mais 6 episódios.

Para quem não conhece, Black Mirror é uma série de antologias em um futuro próximo, com um mundo dominado por tecnologias que conhecemos, como smartphones e realidade virtual.

O primeiro, “USS Callister“, fala sobre a nave da Frota Espacial que protege a Federação de ameaças espaciais, com um visual dos anos 60, colorido e futurista, que destoa do resto da série. Mas não é assim….

Spoiler Alert

Continue por sua conta e risco

Sobre o Episódio

Logo no início se descobre que a nave esta em um jogo VR, onde os tripulantes são clones criados com análise do DNA das pessoas que trabalham no escritório da empresa que criou o jogo Infinity.

O preocupante é que eles tem consciência do que eram antes de ser clonado e estão no jogo contra a vontade, presos pelo CTO (diretor técnico) da empresa Robert Daley (Jesse Plemons de Fargo).

Na vida real, Robert Daley é um tímido e desajeitado gênio que criou a empresa Callister Inc. (afinal, ele é fã da série de TV Frota Espacial, tendo todas as 6 temporadas em VHS, DVD e BluRay, mesmo a série estando disponível na Netflix(!), além de action figures e pôsteres diversos).

Em casa, ele se conecta em uma versão própria do jogo que simula a série Frota Espacial e é o capitão (claro) da nave. Assim, mantêm de forma tirânica o controle dos seus tripulantes de forma impiedosa e tirânica, apenas para viver aventuras espaciais da série.

A chegada de uma nova funcionária Nanette Cole (Cristin Milioti de How I Met Your Mother) à empresa. Nanette mostra a sua admiração por Daley e ganha a sua atenção. Ela mostra como é o processo de clonagem de Daley para criar seu mundo imaginário.

Dos episódios de Black Mirror é um dos mais leves no quesito tensão, mas, como sempre, pesado nas implicações do uso errado da tecnologia em um ambiente pode ter.

O futuro de Black Mirror é assustador, pois é muito próximo e, ao mesmo tempo, viável e “USS Callister” mostra como pessoas podem se perder dentro de um mundo imaginário onde não precisam viver os problemas do dai a dia.

 

Conheça nossas redes sociais:





2 Comments to USS Callister – Black Mirror nunca é o que você espera

  1. Gostei muito do episódio, ele mantém o velho estilo Black Mirror, apesar de não parecer, a princípio. As referências a Jornada nas Estrelas são muitas, e eu juro que em determinado momento, até ouvi o início do tema da série clássica. A trama é bastante inteligente, assim como a resolução da história. E tenho certeza de que, se essa tecnologia realmente existisse e fosse acessível, muitos fãs de Jornada fariam exatamente o que o Robert Daley faz!

  2. Lourenso disse:

    Assisti BM, foras as escrachadas referências a ST, me fez lembrar outro filme, o passageiro do futuro, e o comportamento de uma criança mimada dona do seu mundo de imaginação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.